Um Sigilo para Construir e Fortalecer de Comunidades

Um Sigilo para Construir e Fortalecer Comunidades

por Laura Tempest Zakroff, 2018

traduzido por Luiz Carlos Coutinho, 2018

Antes de começarmos: caso você tenha perdido as postagens anteriores, explicando o que está acontecendo com a liberação desses sigilos, clique aqui para ler a história de fundo e ver o Sigilo para Proteção em Protestos. Esses posts também estão no espírito do Sigilo de Poder.

banner-WCTour-sigil-community

Enquanto esses sigilos foram enraizados ou inspirados por acontecimentos locais que afetam cada comunidade – cada sigilo me pareceu algo que merecia ser compartilhado com a comunidade maior. Então, eu os redesenhei para que pudessem ser facilmente compartilhados e registrá-los com a Creative Commons Attribution-NonCommercial-Share Alike 4.0 International License. Para cada sigilo, incluí uma foto do desenho do quadro branco, descrevi mais detalhadamente e incluí um gráfico de alta resolução para compartilhamento. O propósito desses sigilos é que eles sejam compartilhados e usados.

O segundo sigilo neste recente grupo que estou compartilhando com você foi criado na oficina que aconteceu no Fantasia Crystals em Phoenix, AZ. Era uma sala lotada na primeira noite de verão, onde a temperatura exterior atingia três dígitos (yay para o ar-condicionado!). Era o Solstício de Verão, então você não pode culpar o clima por ser entusiasta, e eu estou emocionada com as pessoas que saíram independentemente. De qualquer forma, o consenso da classe era que nós criaríamos um sigilo para fortalecer a comunidade. Eu estou escolhendo este como o segundo entre os cinco porque trabalhar juntos e construir comunidades é essencial para o crescimento e a mudança.
Muito obrigado aos estudantes da oficina de Phoenix que trabalharam juntos para criar este sigilo.

wc-sgil-community-e153089883477348411520_2797058806974794_445186769118298112_n

Construído neste sigilo:

– permitir um fluxo saudável de comunicação (falar/ouvir/ reconhecer/entender);

– ênfase no respeito mútuo;

– ajudar a construir uma base estável e um terreno comum;

– inspirar uma liderança dinâmica/positiva;

– incutir integridade;

– ser inclusivo, incorporando a divesidade

– incentivar a participação e união.

WCTour-sigil-communitystrength-e1530914294820

O que fazer com este sigilo:
– Você é bem-vindo para usar este sigilo, se você achar que está alinhado com a intenção do mesmo. Desde que não seja usado para fins lucrativos/comerciais, você pode usá-lo, compartilhá-lo, desenhá-lo em locais apropriados, usá-lo para bênçãos, etc. Esse sigilo é ideal para ser colocado em espaços comunitários: nas paredes, desenhados no chão, feito em panos de altar ou arranjos de flores, colocados em banners, montados na base de uma fogueira antes de ser acesa. Pode ser usado para abençoar reuniões e festivais, eventos do Orgulho Pagão e assim por diante. Está protegido pela Licença Creative Commons, detalhes abaixo:

O Sigilo para Construir e Fortalecer Comunidades por Laura Tempest Zakroff está licenciado sob uma Creative Commons Attribution-NonCommercial-ShareAlike 4.0 International License.

Se você estiver interessado em aprender mais sobre esse método de criação sigil, confira http://www.sigilwitchery.com ou, melhor ainda, confira o livro que eu escrevi sobre ele – que está disponível via amazon , o site mencionado anteriormente e livrarias em todos os lugares.

Anúncios

Um Sigilo para Proteção em Protestos

Um Sigilo para Proteção em Protestos

por Laura Tempest Zakroff, 2017

traduzido por Luiz Carlos Coutinho, 2018

 

Oi, pessoal! Eu estou finalmente em casa da minha longa turnê de três semanas na costa oeste. Enquanto estava na estrada, ensinei “A Arte do Sigilo na Bruxaria” em sete lugares diferentes, e me inspirei para compartilhar alguns desses sigilos com todos vocês. Este sigilo é o primeiro de 5 que eu estarei postando no blog – muito na natureza que criei e compartilhei o Sigilo do Poder há quase dois anos.
Uma parte importante deste workshop que eu faço é que nós, como grupo, trabalhamos juntos para criar um sigilo. Este exercício permite que a turma veja o meu método em ação e tenha uma ideia de como pode fazê-lo sozinho. Quando faço este workshop em uma convenção ou festival, tendemos a nos concentrar em um sigilo para esse evento. Quando estou fazendo o workshop para um pequeno grupo como um coven ou reunião similar, fazemos um para esse grupo.

banner-WCTour-sigil-protecticeprotesters

As coisas ficam um pouco mais abertas às possibilidades quando eu estou oferecendo o workshop em uma loja que é composta por muitas pessoas diferentes que, por acaso, estavam interessadas no assunto. As duas primeiras oficinas que eu ensinei (Spokane, WA e Billings, MT) foram mais focadas localmente em seus objetivos de sigilo – seja por grupo ou por localidade. No entanto, uma vez que cheguei a Phoenix, as coisas começaram a se abrir para tópicos mais amplos. Enquanto eles estavam enraizados ou inspirados por acontecimentos locais que afetavam cada comunidade – cada sigilo me pareceu algo que merecia ser compartilhado com a comunidade maior. Então, eu os redesenhei para que pudessem ser facilmente compartilhados e registrá-los com a Creative Commons Attribution-NonCommercial-Share Alike 4.0 International License.

Para cada sigilo, compartilharei com você uma foto do desenho do quadro branco, descrevendo-o mais detalhadamente e incluindo um gráfico de alta resolução para compartilhamento.
O primeiro sigilo que vou compartilhar com vocês é realmente o do último workshop da turnê, que aconteceu no The Raven’s Wing Magical Co. em Portland, OR. O foco deste sigilo é ajudar na proteção dos que protestam contra o ICE¹, bem como dos detidos. Muito obrigado aos estudantes da oficina de Portland que trabalharam juntos para criar este sigilo.

wc-sgil-ice-e153083673819147382946_528836274264378_8219429766491537408_n

Construído neste sigilo:

– Prevenção de detenções de manifestantes e daqueles que seriam detidos;

– fornecer resistência e tempo bom para os manifestantes;

– que sua mensagem seja vista, visível, ouvida e tenha impacto;

– resiliência para detidos;

– aumenta a esperança.

WCTour-sigil-protecticeprotesters

O que fazer com este sigilo:
– Você é bem-vindo para usar este sigilo se você acha que está em alinhamento com a intenção do sigilo. Desde que não seja usado para fins lucrativos/comerciais, você pode usá-lo, compartilhá-lo, desenhá-lo em locais apropriados, espalhá-lo por aí, usá-lo para receber bênçãos e outras formas de proteção, e assim por diante. Você não tem que estar fisicamente lá fora protestando para usar este sigilo – você pode usá-lo para dar apoio aos outros e trazer energia mais focada para a situação, orientada para uma solução positiva e poderosa. Está protegido pela Creative Commons License, detalhes abaixo:

O Sigilo para Proteção em Protestos por Laura Tempest Zakroff está licenciado sob uma Creative Commons Attribution-NonCommercial-ShareAlike 4.0 International License.

1- O Departamento de Imigração e Alfândega dos EUA (em inglês, Immigration and Customs Enforcement: ICE) atua como a principal agência de investigação do Departamento de Segurança Interna dos EUA (DHS). O ICE foi criado por meio de uma fusão de 2003 que combinou as forças de investigação e fiscalização do interior do Serviço de Alfândega dos EUA e do Serviço de Imigração e Naturalização. Retirado de: https://www.federallawenforcement.org/ice/what-is-ice/

Um Sigilo de Poder para os Nossos Tempos

por Laura Tempest Zakroff, 2016

traduzido por Luiz Carlos Coutinho, 2018

Hoje de manhã, enquanto colocava meu pincel sujo de tinta no papel, minha mão tremia. Eu uso pincéis há mais de 35 anos, e não consigo me lembrar de um momento em que minha mão tremia assim, pelas emoções que vinham de dentro. Eu provavelmente poderia ter usado uma caneta Micron para compensar isso, mas meu intestino disse tinta e pincel.

Tanta coisa está em jogo, em risco e em perigo – mas esses são os tempos para os quais fomos feitos. Procuro trocar minhas lágrimas de medo e pavor – por aquelas de determinação, geradas pelos ventos da revolução. Eu coloquei meu pincel no papel, atento à ação de criar um sigilo para todos vocês que precisam de proteção e orientação contra a tempestade iminente. Convocar seu poder e lembrá-lo de si mesmo. Ser um farol para nos levar ao tempo da Estrela, navegando com segurança pelo tempo da Torre.

2016-sigil-invert-1024x10242016-sigil-overt-1024x1024

Descrição do Sigilo de Poder e o significado de suas partes:
A maior parte da forma é uma estrela de 5 pontas, representando proteção e os elementos que nos compõem: terra, ar, fogo, água e espírito. Dentro dessa estrela há uma segunda estrela, outra camada de proteção e uma de equilíbrio de identidades conflitantes, brilhando contra o escuro e o desconhecido. Dentro dessa estrela há um círculo aberto representando um ovo, uma semente da verdade, o olho da calma interior, latente. Estendendo-se para fora de cada braço da estrela maior estão setas triplas-farpadas. Eles guiam nossa energia para fora, alcançando enquanto protegem, seus pontos encontrando vantagem no que eles perfuram. Flanqueando cada divisa interna da estrela é uma lua crescente – seus chifres protegendo as áreas vulneráveis, enquanto também representando a crescente e a minguante da lua, de idéias, de ondas. Há uma para cada um dos próximos quatro anos, com uma quinta para marcar o surgimento de uma nova era de esperança e mudança. Atrás de cada um deles há um ponto preto – um ponto de origem ou destino, a energia de enfrentar os medos da Lua Nova e banir o escuro dentro e fora.

Eu o apresento aqui em duas variações – apontando para cima e apontando para baixo. Eu acredito que a estrela, independentemente de sua direção, representa a dualidade, tanto as energias masculina quanto a feminina. A intenção é a mesma para ambas as direções, mas pode-se atrair mais visualmente para você e/ou ser mais seguro para você usar diante da ignorância alheia. É uma marca para lembrá-lo do seu próprio poder e agir.

Eu lhe dou as boas vindas para compartilhar este sigilo, para usá-lo em sua casa, no trabalho, em seu corpo. Você pode imprimi-lo para olhar, desenhá-lo de novo e de novo para si mesmo, fazer um talismã, tatuá-lo em seu corpo, acompanhá-lo durante a meditação – o que quer que o ajude a ativá-lo. Peço que simplesmente respeite meus direitos autorais sobre o design, não os reproduzindo com fins lucrativos, e entre em contato comigo para obter permissão para outros usos ou perguntas.
Obrigada e que assim seja.

A Carga da Nova Aradia

por Laura Tempest Zakroff, 2017

traduzido por Luiz Carlos Coutinho, 2018

wearearadia2-web

Continuando com o post anterior do #NósSomosAradia, eu me inspirei para criar uma moderna e inspirada Carga de Aradia.
Nota técnica: A tradução da qual eu trabalhei não rimou, e apesar das minhas raízes italianas, não posso dizer com confiança que o original italiano também. Mas como eu trabalhei em verso livre, surgiram pares de versos rimados. Isso torna mais fácil lembrar, cantar e entoar.
Espero que seja inspirador para a sua prática e que lhe dê esperança, poder e energia. Mais importante ainda, lembre-se – TODOS somos a Nova Aradia. E então eu apresento a vocês a Carga da Nova Aradia:

A Carga da Nova Aradia                                                                                                            Quando o sentido e o mundo foram separados,
Sempre que a necessidade é terrível e grandiosa
No sol mais brilhante ou na lua em seu mais escuro lado
Traga a vontade de acender a chama poderosa.
Suas raízes enviar, seus braços levantar,
Cham
em o Espírito, invoque seus encantos
Com varinha e caldeirão, estaca e faca,
Com capa e chifre, com os antigos conhecimentos
Construa sua sabedoria e espere seu tempo
Nos olhos do coração e no sangue doce como vinho.
Na cidade e na floresta, em silêncio reunam-se                                                                              Para proteger e guiar com a nossa vontade.
Agora é a hora do chamado atender
Bruxas unidas, uma por todas, mãos em entrelace.                                                                       
Em nossa verdade, conhecemos o poder
Que nossa voz faça a torre desabar.
Para banir, purificar, abençoar, curar e orientar
Com nossos segredos e formas de ritualizar.
É a hora das marés mudar
Por agora, como bruxas, todas vamos nos levantar!

– Laura Tempest Zakroff, 25-01-2017
#NósSomosAradia

Nós Somos Aradia

por Laura Tempest Zakroff, 2017.

Traduzido por Luiz Carlos Coutinho, 2018.

wearearadia-web

No final da sexta-feira passada (20 de janeiro, tecnicamente às primeiras horas do dia 21), eu estava na cama lutando contra uma nuvem de incerteza. E passando os dedos nas redes sociais no meu telefone, como você faz. Lá eu vi o seguinte tweet do meu amigo Storm Faerywolf, que foi um trecho de uma conversa:

Sinto que nós precisamos de uma verdadeira Arádia agora, em nossas vidas.”

“Eu acho que nós precisamos ser Arádia, uns para os outros.”

#NósSomosAradia

Eu me exaltei e Nathan voou para fora da cama com a minha excitação. Sim, eu pensei, é exatamente isso! Alguns antecedentes: o universo tem um jeito de me cutucar e me atiçar: “Você terminou essa fase da sua vida, é hora de uma nova. Ei, você realmente precisa voltar a fazer arte. Seria uma boa ideia viajar 3.000 milhas agora mesmo. Além disso, é hora de voltar a fazer a coisa da Bruxa publicamente novamente.” Esse é um resumo dos últimos cinco anos da minha vida.

No final de outubro/início de novembro deste ano, eu tinha anunciado que eu estava colocando o festival de dança que eu produzo, Despertando Perséfone, em hiato. Tinha muito a ver com o meu foco em arte e escrita, bem como um sentimento nas minhas entranhas que parecia uma daquelas cutucadas transmitidas pelo universo.

E conforme novembro desdobrou, o véu caiu. Tornou-se claro para mim como era importante estar falando, andando e ensinando feitiçaria. É aí que essa energia extra seria investida. E assim eu ampliei o processo – incluindo formar grupos de estudo, escrever a proposta para o meu terceiro livro, coisas que você viu neste blog, etc.

No entanto, os eventos da semana passada me fizeram sentir um pouco perdida e me sentindo mal- até que o tweet de Storm enviou um relâmpago em meu caminho. Se você não está familiarizado com Aradia ou o Evangelho das Bruxas, um breve resumo é: a Deusa Diana viu que seu povo estava sofrendo de tirania. Então Ela enviou sua filha Aradia para a terra para ensinar-lhes os segredos da feitiçaria para que eles pudessem se defender e se levantar.

 

“É verdade que você é uma arte espiritual,

Mas você nasceu, mas tornou-se novamente

Uma mortal; tu deves ir para a terra abaixo

Ser professora para mulheres e homens

Quem desejaria estudar Bruxaria na tua escola?

-De Aradia ou o Evangelho das Bruxas por Charles G. Leland – 1899

 

Há muitas preocupações e teorias sobre o material de origem do Evangelho, mas o livro de Leland definitivamente desempenhou um papel no desenvolvimento das tradições modernas de Bruxaria. No entanto, a autenticidade e o material de origem não são o que estou aqui para falar. Estou olhando para o próprio mito e o que isso significa para nós hoje. Para usar Aradia como um ponto de partida para uma nova história.

Para mim, #NósSomosAradia diz que não precisamos de um salvador ou uma voz para nos salvar. Precisamos nos salvar, precisamos ser os professores. Precisamos ser os aprendizes e os guias. Nós precisamos ser as Bruxas. É um chamado para defender suas crenças. Uma mensagem, uma chamada à ação para construir e usar suas práticas para proteger e capacitar todos que precisam dela. Eu também gostaria de observar que esta é uma chamada que ecoa por tradições, gêneros, cores, credos, idades e habilidades. Podemos nos alegrar e honrar a diversidade – e juntar todos.

Animado/a? Inspirado/a? Espere mais em relação ao #NósSomosAradia em breve. Há mais palavras e mais arte por vir. (Por favor, sinta-se livre para compartilhar a obra de arte incluída nesta peça – estes são meus primeiros esboços para a idéia.)

wearearadiabanner

Fonte: (https://www.patheos.com/blogs/tempest/2017/01/we-are-aradia.html)

Nós Somos Arádia

por Storm Faerywolf, 2017.

traduzido por Luiz Carlos Coutinho, 2018.

 

Sinto que nós precisamos de uma verdadeira Arádia agora, em nossas vidas.”

“Eu acho que nós precisamos ser Arádia, uns para os outros.”

#NósSomosAradia

 

Na obra folclórica de Charles Godfrey Leland, Aradia,ou o Evangelho das Bruxas,  de 1899, nos é contada a história de Aradia – filha de Trevas e Luz – um avatar feminino que desce à terra para ensinar à humanidade oprimida a arte da Bruxaria-como-resistência. Este não é o estilo de trabalho agradável da fertilidade e das flores, que muitas vezes é o foco de uma boa parte da Bruxaria moderna, por mais válida que seja, mas um imperativo sóbrio que visa os obstáculos à liberdade e até à sobrevivência básica.

Como dezenas de milhares estão prestes a perder seus cuidados de saúde e, em alguns casos, suas vidas, já que as agências governamentais estão oficialmente impedidas de compartilhar informações com o público, já que as declarações oficiais de nosso líder de governo expelem mentiras descaradas, e que o mesmo demonstra o narcisismo de uma criança petulante que finge ser nosso presidente, nos encontramos no alvorecer em potencial de uma nova tirania, operada de dentro do cadáver ainda quente de nossa experiência imperfeita em democracia. Nós estamos com medo. E estamos com raiva.

Nestes tempos, podemos aproveitar a força dos nossos mitos e da nossa magia. Minha amiga e irmã-da-arte Laura Tempest Zakroff escreveu sobre como a hashtag #WeAreAradia (#NósSomosAradia, em português) a inspirou, tanto para fazer arte, como também como um foco mágico. Ela está certa: não precisamos de avatares. Nós não precisamos ser salvos. Temos que nos salvar. Temos que salvar uns aos outros.

Isso significa todos nós. E isso significa toda a nossa magia também. #WeAreAradia (#NósSomosAradia) é um chamado à ação para bruxas e feiticeiras em todos os lugares: Levantem-se. Falem. Enfeiticem orgulhosamente. Nós oferecemos qualquer magia que pudermos para a causa da liberdade e resistência à tirania. Alguns de nós são curadores. Outros são artistas. Alguns são adivinhos. Ainda outros são guerreiros. Aradia não estava nos ensinando como capacitar nossos opressores, mas como derrotá-los. Será necessário reunir todas as nossas habilidades para sobreviver ao que vem a seguir, se prestarmos atenção ao que a história nos ensinou. Acredito que chegou a hora de as bruxas se lembrarem de nossa história. Tempos sombrios exigem artes sombrias.

Fonte: (http://faerywolf.com/wearearadia/)